Próteses Dentárias

Quando faltam dentes, os que estão ao lado e os oponentes tendem a mover-se para o espaço livre, provocando desequilíbrios nas arcadas dentárias. Também se dá a reabsorção (desaparecimento) do osso alveolar, que é o osso esponjoso onde estão implantadas as raízes dos dentes. Para restaurar as funções mastigadora, estética e fonética, fazem-se as próteses dentárias. As próteses dentárias podem ser removíveis (o paciente pode tirar-las sempre que o desejar), ou fixas (cimentadas com uma cola especial e só o dentista as poderá remover). Ambas as próteses podem ser parciais ou totais (as fixas só podem ser totais no caso de implantes).ou um parágrafo. Clique aqui para adicionar e editar seu próprio texto. É fácil.

 Prótese removível

As próteses removíveis podem ser parciais e totais. As parciais removíveis podem ser totalmente em acrílico ou terem uma parte metálica, chamada esqueleto e destinam-se a substituir um ou mais dentes. Estas últimas são conhecidas como esqueléticas.As próteses parciais removíveis em acrílico são o tipo de prótese mais econômico e deveriam ter apenas um caráter temporário. As totais removíveis são normalmente em acrílico e destinam-se à substituição de todos os dentes. São suportadas apenas pelos tecidos moles e estrutura óssea subjacente. Mantém-se na boca pela ação conjunta de pequenas retenções da anatomia do que resta do osso alveolar, da língua, dos músculos faciais, e no caso da prótese superior, do efeito de vácuo entre a superfície interna da prótese e o palato (céu da boca). A retenção destas próteses é muito problemática quando há uma reabsorção quase total do osso alveolar. Nesta situação a única solução é recorrer aos implantes.Os dentes utilizados quer nas parciais quer nas totais são normalmente dentes pré fabricados em acrílico. Podem eventualmente ser usados dentes pré fabricados em porcelana a pedido do paciente. Haverá um custo acrescido neste caso. Os dentes de porcelana têm a vantagem de resistirem muito mais ao desgaste, terem um aspecto mais natural e não sofrerem alterações na cor com o tempo.

 Prótese fixa

As próteses fixas são constituídas por coroas ou pontes As coroas são capas que se destinam a reconstruir a coroa natural do dente parcialmente destruído. Implica a existência de parte da estrutura do dente que se propõe reconstruir e ao qual será cimentada. Quando faltam um ou mais dentes mas existem dentes ao lado desse espaço, pode-se fazer uma ponte. Os avanços da medicina permitem hoje uma nova opção, a coroa apoiada num implante. A ponte é uma restauração protética destinada a substituir um ou mais dentes, apoiando-se em dentes vizinhos ao espaço desdentado. Os elementos que ficam suspensos são denominados ponticos.

Coroas e Pontes de Cerâmica Pura

A técnica e a ciência põem finalmente ao serviço do dentista e do protético a possibilidade de realizarem trabalhos de insuperável qualidade estética e estrutural. É simplesmente o melhor que se pode oferecer ao paciente. Em alguns casos será até melhor que o natural. Estas coroas podem ser suportadas por dentes naturais e/ou por implantes.

Prótese sobre implantes

A prótese sobre implantes muitas vezes exige a confecção de provisórias removíveis, principalmente com o objetivo de preservar os dentes vizinhos. Uma das vantagens da indicação de uma prótese sobre implantes em relação a uma prótese fixa convencional é que a segunda tem a desvantagem de desgastar dentes vizinhos que servirão como dentes pilares de sustentação para esta prótese. Dessa forma, devemos planear um implante para preservarmos o máximo possível elementos relacionados com ele.A prótese sobre implante fixo pode ser unitária, total ou parcial.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Instagram Social Icon

PRAÇA SECA-EPAO.RJ 2739-TÉC RESPONSÁVEL: CAIO MARCELO L. FERREIRA-CRO.RJ 28258

J. SULACAP - EPAO.RJ 4431-TÉC RESPONSÁVEL: ANA LUIZA RAMALHO AIRES-CRO.RJ 43646